Total de visualizações de página

quarta-feira, 12 de maio de 2021

Prefeita Adelma Cristovam e representantes da Grande JP se reúnem para planejamento do Metro +

Consórcio inclui 12 cidades e busca fortalecer desenvolvimento econômico da região metropolitana

Representantes de diversas gestões da região metropolitana de João Pessoa se reuniram, na tarde desta terça-feira (11), no gabinete do prefeito da Capital, Cícero Lucena. O encontro serviu para discussões e planejamento no sentido da implantação do consórcio Metro +, que inclui 12 cidades da região.

 
“Hoje tivemos conversas produtivas no sentido da instalação do consórcio e avançamos nas propostas. Cada prefeitura está trazendo sua experiência exitosa na gestão e colocando à disposição dos demais consorciados. Isto é fundamental para que possamos alcançar nossos objetivos, identificar problemas e encontrar soluções”, destacou Cícero.
 
A prefeita de Pitimbu, Adelma Cristovão, afirmou que o encontro foi muito satisfatório. “Os municípios estão ajudando no desenvolvimento uns dos outros. Quando se caminha sozinho fica tudo mais difícil. Hoje, com essa parceria, podemos pegar os melhores exemplo e levar para nossos municípios”, declarou.

Desenvolvimento econômico

Durante o encontro, o prefeito Cícero Lucena relatou ao grupo uma parceria entre a Prefeitura de João Pessoa e o Sebrae para abertura de um Ponto de Atendimento Sebrae (PAS). O gerente de inovação do órgão, Elinaldo Macedo, falou sobre os benefícios da parceria, já que os pontos estimulam o empreendedorismo por meio de oficinas, consultorias e tirando dúvidas sobre como se tornar empreendedor.

Participaram do encontro os prefeitos de Alhandra, Marcelo Rodrigues; do Conde, Karla Pimentel; e de Caaporã, Cristiano Monteiro. Ainda compareceram os representantes dos municípios de Cruz do Espírito Santo, Rio Tinto, Cabedelo, Bayeux e Lucena. Também participam do consórcio os municípios de Santa Rita e Pedras de Fogo.


Redação com Portal Correio da PB

terça-feira, 11 de maio de 2021

MPPB ajuíza ação contra ex-prefeito de Pedras de Fogo, Dedé Romão, por doação irregular de terrenos na cidade

O Ministério Público da Paraíba(MPPB), através do promotor Marinho Mendes,  ajuizou Ação Civil de Improbidade Administrativa contra o ex-prefeito de Pedras de Fogo, Dedé Romão, por suposta doação irregular de terrenos. “Após as investigações, constatou-se que o ex-prefeito de Pedras de Fogo, Derivaldo Romão, durante os anos de 2018, 2019 e 2020, efetuou a doação irregular de vários terrenos no referido município”, diz trecho da denúncia do MPPB.

Ainda segundo o MPPB, as irregularidades consistem “em doações efetuadas apenas com a concessão de alvarás, porém sem autorização do Poder Legislativo; doações de terrenos com localização em áreas verdes dos diversos loteamentos; de terrenos com localização em áreas de equipamento comunitário dos diversos loteamentos; e desmembramento e/ou diminuição de Áreas Verdes e Comunitárias, sem a devida compensação da área desmembrada no mesmo loteamento”.

De acordo com os documentos juntados na Notícia de Fato, foram doados cerca de 70 terrenos, em mais de cinco bairros e loteamentos diferentes, todos no município de Pedras de Fogo. Na lista de beneficiários estariam políticos ligados ao ex-gestor. “Constata-se que o requerido, além de ter dado causa a danos ao erário público municipal, violou os princípios da legalidade, moralidade, impessoalidade, da igualdade, da supremacia do interesse público, da competitividade e da probidade administrativa”, acusa o MPPB.

Caso seja condenado, Dedé Romão poderá ficará inelegível por oito anos. Aliás,  o ex-prefeito já teve duas contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB), que estão em fase de recurso, e em breve serão julgadas pela Câmara Municipal, além de ser réu em uma AIJE,  que investiga o suposto uso da máquina pública em favor do seu sobrinho, Lucas Romão, também réu na mesma ação e derrotado nas últimas eleições municipais de Pedras de Fogo.

Confira a ação do MPPB na integra clicando AQUI

 

Da Redação PB AGORA 

Prefeito de Pedras de Fogo, Manoel Junior, testa positivo para a Covid-19

O prefeito da cidade de Pedras de Fogo, Manoel Junior (Solidariedade), confirmou nesta terça-feira (11) através das suas redes sociais, que positivou para a Covid-19.

De acordo com o gestor, apesar do diagnóstico, ele praticamente não apresenta sintomas.

 Manoel aproveitou o momento para reforçar a necessidade do uso da máscara, do distanciamento social e a importância da vacina.

“Positivei para covid, mas estou praticamente assintomático. Deixo aqui um pedido a todos os meus amigos e conterrâneos: usem máscaras, façam o distanciamento social e vamos nos vacinar para a gente vencer definitivamente esse grande mal”, declarou.

PB Agora

segunda-feira, 10 de maio de 2021

Branco Mendes consegue incluir municípios do Litoral Sul, além de Sapé, Coremas e Piancó no Programa ‘Tá na Mesa’ do Governo do Estado

 

Em recente reunião com o governador João Azevêdo, o deputado Branco Mendes solicitou a inclusão dos municípios do Litoral Sul da Paraíba: Alhandra, Caaporã, Conde, Pedras de Fogo e Pitimbu, além dos municípios de sua atuação, a exemplo de Sapé, Coremas e Piancó, no Programa de segurança alimentar ‘Tá na Mesa’ que vai fornecer 552.200 almoços por mês em 83 municípios ao preço de R$ 1,00

Lançado nesta segunda-feira (10) pelo governador João Azevêdo, no programa semanal ‘Conversa com o governador’, transmitido em cadeia estadual pela Rádio Tabajara, o programa conta com investimentos próprios do tesouro estadual que somam mais de R$ 4 milhões mensais.

Além de atender pessoas em situação de vulnerabilidade social, o ‘Tá na mesa’ irá fomentar economias locais, a partir do lançamento do edital de chamada pública para a contratação de restaurantes dos municípios contemplados para o fornecimento das refeições.

O deputado Branco Mendes agradeceu ao governador João Azevêdo por atender as necessidades das pessoas menos favorecidas desses municípios. “A humanidade do governador João Azevêdo atende exatamente a necessidade de cada região. Nesse momento, as pessoas necessitam garantir o alimento de cada dia, essa pandemia deixou muitos desempregados e muitas famílias serão beneficiadas a partir de agora com esse importante programa. Parabéns a João Azevêdo e toda sua equipe por pensar em quem realmente precisa”, disse Branco Mendes.

O governador João Azevêdo destacou a iniciativa da gestão estadual para garantir refeição de qualidade para as pessoas em situação de vulnerabilidade social. “Esse programa funcionará nos moldes dos Restaurantes Populares ao preço de R$ 1,00 e o estado assumirá a diferença do valor. A diferença será que não vamos construir Restaurantes Populares, mas vamos fazer um chamamento público para convocar restaurantes locais para fornecer essas refeições porque sabemos que esse segmento foi prejudicado por conta da pandemia”, explicou.

Portal Litoral PB

Presidente da API empossa diretoria da Associação de Imprensa do Litoral Sul da Paraíba

A recém criada Associação de Imprensa do Litoral Sul da Paraíba (ASSIM) deu mais um grande passo. Na tarde desta sexta feira (07) fez a solenidade de posse das Diretorias e Conselhos para o biênio 2021/2022, com a presença de associados, autoridades e o presidente da Associação Paraibana de Imprensa (API), o jornalista João Pinto.

Tomaram posse o presidente da instituição, jornalista Eudes Santiago; O vice-presidente, Júnior Silva; A secretária-geral, Cecília Ramalho; O diretor financeiro, Osias Cordeiro; O diretor de marketing, Elisson Carlos; Os diretores regionais, Irmão Chiquinho, Rosendo Júnior, Tiago Souza e Josivaldo Alves. Além dos membros dos Conselhos Fiscal e de Ética

Ao dar posse a Diretoria Executiva João Pinto disse que veio “trazer uma mensagem de fé e esperança de que juntos podemos muito mais”. O presidente da ASSIM frisou que “a figura do comunicador é fundamental para a sociedade e necessária para a manutenção da democracia” e chamou os colegas presentes de guerreiros da verdade por levá-la a quem precisa dela.

“Essa união de forças e a interligação de comunicadores é a tônica necessária para que os profissionais de imprensa se sintam encorajados a transmitir a verdade”, pontuou Eudes. “Nos dedicaremos a ‘abrir portas’ e a buscar parcerias que promovam o crescimento de todos”, completou.

A cerimônia também foi prestigiada pelo deputado estadual Cabo Gilberto Silva (PSL), pelo presidente da Câmara de Caaporã, Filipe Chaves (Cidadania), pelos vereadores Picaco de Pascoal (PL), de Pedras de Fogo, e Dr. Jeremias Santos (PP), de Alhandra. Os secretários de Infraestrutura de Conde, Tiago Ribeiro, de Comunicação e Difusão Digital, Daniel da Silveira, e o comandante da Guarda Civil Municipal de Conde, Salomão Nobre, também estiveram presente.

Cabo Gilberto lembrou que “a imprensa tem um papel fundamental na sociedade paraibana, brasileira e mundial”, e falou que a imprensa paraibana tem todo o seu respeito.

Ainda participaram da solenidade a presidente da Associação de Imprensa de Conde, Fátima Cardoso, e o Inspetor Fernandes, presidente da Associação dos Guardas Civis Municipais e Servidores Públicos de Conde.

Portal Litoral PB

Prefeitura de Pitimbu inicia projeto “A Caminho da Saúde” para promover práticas esportivas saudáveis com apoio profissional

 


Com o objetivo de promover saúde, interação, qualidade de vida, prevenir doenças e manter o corpo saudável, a Prefeitura de Pitimbu, por meio da Secretaria de Esporte, Juventude e Lazer (Sejel), realiza na próxima quarta-feira (12), a abertura do Projeto “A Caminho da Saúde”.

De acordo com o secretário Alisson Bias, o projeto que faz parte da programação de ações da nova gestão da Prefeita Adelma Cristovam, irá proporcionar aos pitimbuenses a construção de hábitos saudáveis, especificamente, quando considerado o momento vivenciando com a pandemia.

Inicialmente, as ações serão realizadas no trajeto da Vila – Pitimbu e, logo em seguida, será ampliado até Acaú. O projeto da Prefeitura Municipal, realizado pela Sejel conta ainda com a parceria das secretarias de Assistência Social e Saúde. A ação ofertará os serviços de educadores físicos, nutricionista e enfermagem. Será realizado uma vez por semana, nas quartas-feiras, nos horários da manhã e tarde.

Já os treinos funcionais, serão realizados nas segundas e quartas, às 18h, na praia de Pitimbu.

A Prefeita parabenizou a iniciativa das três secretarias que se uniram para implantar esse projeto. “Acredito que a caminhada é uma das atividades física acessível para todos os cidadãos, por isso, ressalto a importância desse projeto que é acessível a todos os públicos e idades, com profissionais acompanhando e á disposição do nosso provo,” finalizou Adelma.

“Levando com consideração a situação atual em que estamos enfrentando, tivemos o cuidado de pensar em algo que pudesse ter impacto imediato e em longo prazo na vida das pessoas. O projeto vai muito além de um encontro semanal com a oferta de serviços, ele vem com a perspectiva de oferecer informação de qualidade no contexto da saúde e ainda mostrar a importância que praticantes da caminhada, ciclismo e corrida têm para visão da nossa gestão, pois através de contato com alguns representantes pudemos observar seus anseios e o quanto não se sentiam valorizados no contexto esportivo. Sendo assim, tivemos muita responsabilidade e cautela na elaboração da proposta, com o intuito de fazer com que os frutos da ideia, sejam colhidos de modo positivo, logo a população sai ganhando”, destacou Alisson Bias, secretário de Esporte Juventude e Lazer.


Portal Litoral PB

Juventude: Secretaria de Esporte, Juventude e Lazer, realizará pesquisa voltada para os jovens de Pitimbu, entre os dias 11 a 25 de maio.



 A Secretaria de Esporte, Juventude e Lazer, realizará entre os dias 11 a 25 de maio, uma #pesquisa voltada para os jovens entre 15 a 29 anos, a qual será disponibilizada por meio eletrônico (instagram @sejel_pitimbu) e também, divulgada por meio de alguns lideranças relevantes nesse processo (eletrônico/WhatsApp).


O objetivo da pesquisa é conhecer, de modo mais específico, a juventude do município, os desafios enfrentados por eles, bem como suas perspectivas de vida.

Com isso, após a coleta de dados a Sejel traçará um plano de ação com diretrizes mais eficientes. Buscando reacender a autoestima da juventude pitimbuense.

Nota Conjunta de Esclarecimento - CONCURSO PÚBLICO DE PITIMBU

 

O Município de Pitimbu-PB, conjuntamente com o IDIB – Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro, no que se refere ao Concurso Público para provimento de cargos vagos da Prefeitura Municipal de Pitimbu-PB, regido pelo Edital no 002/2020, de 15 de junho de 2020, ratificam que a suspensão, por força de decisão liminar prolatada nos autos da Ação Civil Pública no 0801301- 91.2020.8.15.0021, movida pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Pitimbu, em trâmite na Vara Única da Comarca de Caaporã/PB, , foi motivada pelo contexto de pandemia provocada pelo Novo Corona vírus, que assola o mundo desde meados do ano passado.

Sobre o contexto de pandemia causado pela Covid-19, motivo da suspensão do concurso, enfatiza-se que, muito embora ainda presente nos dias atuais e sem previsão certa para sua extinção, torna-se relevante informar que vários outros concursos públicos/processos seletivos estão sendo realizados pelo país, tais como Polícia Rodoviária Federal - PRF, no último dia 09, IBGE, no último dia 02, concursos esses com um número bem maior de inscritos do que o em comento; o próprio IDIB está com Editais lançados para os concursos do Ministério da Economia e do Departamento Penitenciário Nacional – DEPEN, cuja provas estão previstas para junho, dentre outros como Governo do Estado de Pernambuco, CRECI/PE, CRECI/MA, etc.

Assim, mesmo diante da suspensão ainda mantida, esperam confiantes que em breve a solução do atual quadro suspensivo, a partir da reforma da liminar atacada, possa permitir a continuidade do concurso até sua efetiva homologação, cumprindo primordialmente os anseios da Administração, mas, também, o de todos os candidatos já inscritos que aguardam, desde então, por este fim.

Pitimbu, 10 de maio de 2021.
Prefeitura Municipal de Pitimbu - IDIB

terça-feira, 4 de maio de 2021

Ator Paulo Gustavo morre aos 42 anos por complicações da covid-19

 

Artista estava internado desde o dia 13 de março após complicação da covid-19

Artista estava internado desde o dia 13 de março após complicação da covid-19

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Paulo Gustavo morreu aos 42 anos, nesta terça-feira (4), no Rio de Janeiro, por complicações da covid-19. O artista estava internado desde o último dia 13 de março em um hospital particular na capital fluminense. Uma semana após dar entrada na unidade de saúde, o ator precisou ser transferido para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Na última segunda-feira (3), no entanto, o humorista apresentou piora significativa nos sinais vitais após identificação de uma embolia, que afetou, entre outras coisas, o sistema nervoso central. Na noite de terça-feira (4), diante do agravamento da situação, o quadro clínico ficou irreversível. A informação da morte foi confirmada por meio de comunicado oficial divulgado pela assessoria de imprensa de Paulo

. "Às 21:12h desta terça-feira (4), lamentavelmente o paciente Paulo Gustavo Monteiro faleceu, vítima da covid-19 e suas complicações.

Em todos os momentos de sua internação, tanto o paciente quanto os seus familiares e amigos próximos tiveram condutas irretocáveis, transmitindo confiança na equipe médica e nos demais profissionais que participaram de seu tratamento.

A equipe profissional que participou de seu tratamento está profundamente consternada e solidária ao sofrimento de todos."

Internação

O comediante estava internado desde o dia 13 de março, em um hospital particular do Rio de Janeiro, após ser diagnosticado com covid-19. Uma semana após a confirmação da internação, no entanto, Paulo Gustavo precisou ser transferido para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para ser intubado.

Dias depois, em 2 de abril, o quadro do humorista piorou e ele foi submetido ao uso de ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea) — aparelho que funciona como um pulmão artificial e oferece oxigenação para pacientes em estado crítico. Devido às sessões, ele precisou fazer uma transfusão de sangue. 

No último dia 9 de abril, Paulo Gustavo passou por mais um procedimento médico devido às complicações pulmonares causadas pela doença. Após a microcirurgia, o quadro chegou a ficar estável. Dias depois, em 26 de abril, ele foi diagnosticado com uma nova pneumonia bacteriana.

A situação se agravou ainda mais no dia 2 de maio. O ator, que chegou a apresentar sinais de melhora, sofreu uma piora repentina após identificação da embolia.

Trajetória

Personagem Dona Hermínia conquistou o Brasil e se transformou em sucesso de bilheteria

Personagem Dona Hermínia conquistou o Brasil e se transformou em sucesso de bilheteria

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Paulo Gustavo nasceu no dia 30 de outubro de 1978 em Niterói, região metropolitana do Rio de Janeiro. O artista, que era de uma família classe média, passou grande parte da trajetória de vida na cidade fluminense, local sempre fez questão de retratar em trabalhos na TV e no cinema. 

O ator começou a carreira no teatro. Em 2004, ele passou a fazer parte do elenco da peça Surto. À época, foi a primeira vez que o comediante apresentava para o público a Dona Hermínia —personagem humorístico inspirado na mãe, Déa Lúcia Vieira Amaral. No ano seguinte, deixou a montagem para integrar o time de Infraturas

Com a repercussão do personagem, em 2016, Paulo Gustavo estreou a peça Minha Mãe É Uma Peça. O sucesso foi tanto que a montagem acabou se transformando em filme, em 2013, com outras duas continuações, em 2016 e 2019. O último longa, vale ressaltar, chegou a alcançar a marca de maior bilheteria da história do cinema nacional. 

O artista também chegou a ser indicado ao Prêmio Shell, na categoria de melhor ator, por conta do monólogo em que dava vida a Dona Hermínia. O trabalho mostrava detalhes engraçados de uma dona de casa de meia idade. O temperamento dela era o resultado de observações feitas pelo próprio Paulo. 

O humorista estreou na televisão em 2011, quando assumiu a função de apresentador do 220 Volts, programa exibido pelo canal pago Multishow. Dois anos depois, em 2013, ele estreou o Vai Que Cola, na mesma emissora.

O projeto, que se tornou um sucesso de audiência, acabou ultrapassando os limites da telinha e foi para no cinema, em 2015. Um ano antes, comandou o reality Paulo Gustavo na Estrada. Em 2017, Paulo Gustavo deixou o elenco de Vai Que Cola para assumir papel de destaque em A Vila

No ano seguinte, em 2018, realizou um sonho antigo e gravou o DVD da montagem Minha Mãe É Uma Peça na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, em Salvador, na Bahia —um dos espaços mais importantes da cultura baiana.

Pitimbu-PB; LINDAS PRAIAS E NATUREZA PLENA NO LITORAL SUL PARAIBANO

 

Pitimbu

Por antes ser habitado por índios potiguaras e tabajaras o nome da região onde hoje está a cidade de Pitimbu vem da língua indígena, e significa "Olho D'Água do fumo".

Porto dos Franceses

No Brasil Colônia, Pitimbu recebeu muitas visitas de estrangeiros interessados na troca do pau-brasil com os índios. Nesta época o local ficou conhecido como Porto dos Franceses, pois os franceses atracavam suas embarcações no local e realizavam as trocas com índios locais. Os primeiros frequentadores antes dos portugueses era foram os franceses pela qual se admiraram pela beleza natural dos índios. Em 1531, dois navios franceses e 120 homens sob o comando de Jean Dupéret, aportaram nas costas brasileiras, mais exatamente onde hoje esta localizada Pitimbu, ali após alguns saques pararam para esconder um tesouro as margens do Rio hoje conhecido como Rio Apiaí, pois tinha interesse em recupera-lo na volta após aportarem em Recife. Porem ao chegarem a ilha de Santo Aleixo (próximo de Recife), chamada pelos franceses de “Ile Saint-Alexis”, eles construíram um forte e uma feitoria comercial. Esta feitoria francesa teve vida breve e nunca voltaram para recuperar o pequeno Tesouro que haviam deixado no litoral da paraíba.

Pitimbu resultou de um aldeamento indígena. Mas que também teve uma grande contribuição da capitania de Itamaraca[7]. Pero Lopes de Sousa colocou Francisco de Braga à frente da capitania, que ocupou a ilha da Conceição e fundou a vila Marial ou de Nossa Senhora da Conceição em 1534. Entretanto, no continente viviam os índios potiguaras que impunham muita resistência aos colonizadores e também franceses traficantes de pau-brasil. Os índios e os franceses eram aliados, pois mantinham uma relação mercantilista, ao passo que os portugueses representavam a ameaça de escravidão. Eram frequentes os ataques aos habitantes portugueses da região e da capitania de Olinda, de Duarte Coelho. A Enseada de Pitimbu antigamente era conhecida como Porto dos Franceses por ter ancoradouros para mais de 12 naus e que respectivamente ancorou por volta de 1480, conta com 6 ou 10 braças de profundidade ficando os navios dos comerciantes de pau-brasil, no passado, principalmente os franceses e as demais embarcações, em um verdadeiro porto natural, longe das ondas bravas do mar aberto. A nossa História resulte apenas de uma chamada muito importante, quando a capitania de Itamaracá surgiu e que antes era apenas os franceses que exploravam essas terras.

Nos arrecifes, que separavam a praia do mar de fora, existiam duas barretas de entrada e saída das embarcações. A barreta do sul era conhecida pelo nome de "barreta grande" e a barreta do norte, pelo nome de "o picão".

A área onde está edificada a cidade de Pitimbu, resultou de alguns terrenos registrados na Taquara. Segundo o Registro Geral de Terras e de conformidade com o regulamento de 30 de janeiro de 1854.

Pitimbu foi distrito de paz pela Lei de 15 de outubro de 1827. Até 1867 pertenceu à Capitania de Itamaracá. Pelo ato nº 1414, de 14 de janeiro de 1867 passou para a Paraíba.

Por anos teve o título de vila e cabeça de comarca. Mas por interesses públicos teve que ceder e ser rebaixada a favor da Jojoca (Vila do Conde), cujas vantagens era o transporte e proximidade com a capital onde residiam as autoridades judiciárias.

Pelo decreto nº 601, de 16 de outubro de 1871 junto com o território de Alhandra formaram um território e foi elevado a categoria de vila. Em 1881 passou à cabeça de comarca e classificação de segunda instância.

Pela Assembleia Provincial da Paraíba, em 1 de agosto de 1866, o primeiro distrito compreendia: a capital, Santa Rita, Pilar, Livramento, Jojoca (Conde), Alhandra e Pitimbu.

Em 1959, Alhandra estava se preparando para sua emancipação política. E como ela e Pitimbu sempre estiveram unidas, em alguns pleitos, pretenderam alguns políticos da época incorporar o Território da freguesia de Taquara de Invocação de Nossa Senhora de Assunção, para atender exigências políticas de ordem territorial. Um coletor estadual, Waldemar Galdino Nazareno, residente em Alhandra, escreveu de imediato uma carta circunstanciada ao seu amigo Esperidião Ribeiro do Nascimento, político pitimbuense, chamando sua atenção para a pretensão dos políticos de Alhandra, que se deveria tomar imediatamente as necessárias providências no sentido de impedir que a pretensão se consumasse.

Pitimbu também tinha seu projeto de emancipação na Assembleia da Paraíba, mas por falta de interesse dos políticos locais o projeto não tinha sido levado adiante.

Esperidião Ribeiro, Petrônio Freire, José Borges de Brito, João Quirino dos Santos, Enedino Ribeiro, Jorge Maurício, José Maria Ribeiro e outros políticos fluentes programaram uma ida a João Pessoa, para debater o assunto com o atual governador. Uma caravana logo foi organizada, composta pelos fluentes e cidadãos de Acaú. Os outros distritos conseguiram lotar dois caminhões, um cedido pela Fazenda Tabú e outro dirigido por um dos participantes, Seu Francisquinho.

A comitiva fez ponto terminal no Pavilhão de Chá, ao lado do Palácio do Governo, que ficou ocupado com faixas naquele maio de 1959. Então foi destacada uma comissão com a finalidade de se enterner no Palácio do Governo. Sendo informado no trajeto até o palácio que o governador estava acamado com forte gripe, Petrônio na sua obstinação, afirmou que somente regressaria a Pitimbu, depois de se entender com o governador ou substituto eventual. Antônio Correia, representante de Pitimbu na capital, já havia anteriormente se entendido com o governador e recebido apoio para a missão. Então a comissão foi recebida no Palácio pelo Secretário de Administração, Dr. Ronaldo Queiroz, que em nome do governo garantiu aos membros da comissão que poderiam regressar tranquilos para Pitimbu, que a terra continuaria território da Capital. Nisto, o Distrito de Pitimbu não sendo anexado a Alhandra, continuaria com a possibilidade de adquirir sua própria emancipação.

Com a eleição de Pedro Gondim para governador da Paraíba, em 1960, as esperanças dos pitimbuenses se renovaram para conseguirem sua emancipação. O Dr. Marinésio Moreno Gondim, primo do governador, gozando de influência política na Assembleia Legislativa da Paraíba decidiu ajudar Pitimbu juntamente com o Deputado Ramiro Fernandes, fizeram o suficiente para que o projeto fosse aprovado e transformaram na Lei nº 2.671, de 22 de dezembro de 1961, que sancionada pelo governador, selou a emancipação transformando Pitimbu em uma unidade política do Estado da Paraíba.

Em 28 de dezembro de 1961 era instalado solenemente o Município de Pitimbu, tendo como seu primeiro prefeito nomeado um filho de um influente político local - Enedino Ribeiro Coutinho.

O primeiro prefeito eleito, Fernando Araújo da Cunha, que estava iniciando sua carreira política em Pitimbu.

Em 1990, foram iniciados os trabalhos da carta do Município. Foi feito disto um acontecimento histórico porque, ao mesmo tempo se comemorava a centenário da organização da Primeira Constituição Paraibana do governo republicano.[8]


Praias

Pitimbu tem o maior litoral de todo o estado, se contabilizam treze praias, um farol, duas barras, duas ilhotas.

Praia de Pitimbu

Praia de Pitimbu

Praia mais urbanizada da orla pitimbuense, encontra-se no centro na cidade, sendo assim a mais movimentada. Em sua extensão encontram-se bares, restaurantes, pousadas e clubes. Há também um local para eventos onde todo início de ano são realizadas as festividades de verão e "O Areião" – quadra onde são praticados jogos de areia e campeonatos intermunicipais e interestaduais. O rio conhecido popularmente por "Maceió" corta a praia e a divide, dando início a Praia da Guarita.

                                                Praia de Acaú

Praia de Acaú

Principal praia do distrito de Acaú, localiza-se no centro, entre Pontinhas e Santa Rita, muito procurado por turistas do estado vizinho (PE), destaca-se pela qualidade do serviço de bares que encontram-se a beira mar, muito agitada no verão. Há em construção no local o Pólo Acaú, com serviços de informações aos turistas.

Praia Bela

Praia Bela

A praia mais procurada pelas pessoas que querem desfrutar de um bom banho de rio e degustar deliciosas iguarias sem sair d'água. Em Praia Bela você é servido dentro do balneário sem precisar ir ao bar fazer o pedido. A praia também é muito procurada por praticantes de esportes aquáticos, pois o mar é bem agitado e ocasiona boas ondas para a prática, já havendo até mesmo alguns campeonatos nacionais. Atualmente passa por um grande boom imobiliário, vários condomínios estão sendo construídos no local.

                                                  Praia Azul

Praia Azul

Praia Azul é uma opção para quem busca sossego, um pouco afastada dos grandes centros de agitos ela se destaca pelo ambiente familiar. Areia escura e batida forte, a torna propícia para prática de caminhada e corrida, em toda sua extensão localizam-se casas de veraneio e pousadas.

Praia dos Mariscos

Praia dos Mariscos

Praia dos Mariscos é uma opção para quem busca sossego, um pouco afastada dos grandes centros de agitos ela se destaca pelo ambiente familiar. Em toda sua extensão localizam-se casas de veraneio e pousadas.

Praia do Pontal

Praia do Pontal

A Praia do Pontal está ao norte da Praia de Pitimbu, é o caminho obrigatório para quem deseja conhecer as praias desertas localizadas na região norte do município. É a ultima praia urbana de Pitimbu sentido Praia Bela.

Praia da Guarita

Praia da Guarita

Praia da Guarita, ultima praia urbana de Pitimbu, sentido Acaú, tem este nome devido à uma das guaritas do Forte de Pitimbu encontrar-se no local. Praia calma, em toda sua extensão localizam-se casas de veraneio e pousadas, sua divisão é feita pelo rio Maceió, onde começa a Praia de Pitimbu.

Ponta de Coqueiros

Praia de Ponta de Coqueiros

Praia de mar agitado e deserta, esta é a Ponta de Coqueiros, a forte presença de coqueiros no local faz com que a praia tenha um clima agradável e com bastante sombra em suas areias.

Praia de Pontinhas

Pontinhas

Praia fluvial no Rio Goiana, na divisa de estados PB e PE encontra-se este lindo paraíso, águas calmas e escuras, areia branquinha e um lindo panorâmio do estado vizinho é o que você encontrará em Pontinhas, no local há um serviço de balsa para fazer a travessia para PE, muito procurado por pessas que não querem pegar a BR 101.

Barra do Abiaí

Barra do Abiaí

Fica ao norte da Praia das Falésias e ao sul da Praia Bela, é uma praia ainda selvagem. Localizada na foz do Rio Abiaí. É uma praia excelente para a prática de "surf" e dos esportes aquáticos radicais. O lugar está localizado entre os diversos sítios da região. Abiaí é separada da Praia Bela pelo Rio Abiaí.

Barra do Graú

Barra do Graú

Fica ao norte da Praia Bela e a Sul de Tambaba. Com esta localização não tinha como o lugar não ser magnífico, belezas naturais que encantam e tranquilidade que apaixonam, esta é a Barra do Graú. O avanço do mar, e a péssimo trajeto para chegada neste paraíso não tiram seus encantos.

Santa Rita

Praia de Santa Rita

O distrito de Santa Rita destaca-se pela igreja e cemitério de Santa Rita de Cássia e a Praia de Santa Rita. Igreja datada do século passado, cemitério curioso e bela praia com grandes coqueiros e um belo capinzal fazem parte deste lindo e curioso lugar. Próximo a igreja de Santa Rita de Cássia, não existem casas, conta a lenda que as famílias que resolviam morar próximo a ela, todos os membros da mesma eram mortos.

Igreja de Santa Rita de Cássia

Centro Histórico de Taquara

Igreja de Nossa Senhora da Penha de França

A vila de Taquara, fundada pelos portugueses, ainda do tempo Brasil Colônia, foi um dos principais e maiores centros no passado, com três igrejas, Igreja de Nossa Senhora do Rosário, Igreja de Nossa Senhora da Penha de França e as ruinas doutra igreja onde hoje é o cemitério público de Taquara. Uma curiosidade é que as trés igrejas formam um triangulo e duas são de frente. Além das igrejas o que chama a atenção é que o distrito de Taquara ainda continua com características de vila, apesar do passar dos anos.

Igreja de Nossa Senhora do Rosário

Sede Velha

Casarão do Abiaí

Sede Velha destaca-se pelo turismo de aventura, pois na área há boas trilhas que possibilitam a prática de esportes como: trilha, ciclismo, entre outros. Ainda em Sede Velha encontra-se o antigo casarão do Barão do Abiaí, infelizmente abandonado.

Farol

Farolete de Pitimbu

Consiste em uma enseada onde se encontra o Farolete de Pitimbu

Croas

Conjunto de arrecifes em alto mar, que quando a maré baixa, forman-se piscinas de água cristalina.