Total de visualizações de página

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2023

Construção da Praça de Acaú e UBS de Camucim será possível com emendas do deputado Eduardo Carneiro

Emendas destinadas pelo deputado estadual Eduardo Carneiro irão possibilitar a construção da praça de Acaú e reforma da Unidade Básica de Saúde da Agrovila, em Camucim.

Ao lado do parlamentar, a prefeita Adelma Cristovam agradeceu mais um compromisso assumido e cumprido por Eduardo Carneiro.

“Eduardo tem sido um parceiro importante na Assembleia, sempre presente e atuante na defesa da nossa cidade. Com essas emendas destinadas, a população de Pitimbu ganhará mais uma praça e uma Unidade de Saúde reformada para atender ainda melhor nossa população”, disse a gestora.

Secom Prefeitura de Pitimbu

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2023

Governo da Paraíba e prefeitura de Pitimbu assinam termo de cooperação para recuperar bacia hidrográfica do rio Mucatu



A Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa) e a Prefeitura Municipal de Pitimbu assinaram Termo de Cooperação Técnica para realizar a recuperação ambiental e ordenamento dos usos das águas da bacia hidrográfica do rio Mucatu, localizado no litoral sul do estado. O documento foi assinado pela prefeita Adelma Cristovam dos Passos e pelo diretor-presidente da agência, Porfírio Catão Cartaxo Loureiro, nessa quarta-feira (01), em João Pessoa.
De acordo com o Termo de Cooperação Técnica, a Aesa será responsável pela avaliação, orientação e fiscalização do uso correto das bombas de captação de água e também dos barramentos e desvios de água. E ainda vai colaborar com a prefeitura na recuperação das nascentes.
“Além de ter o domínio do uso e ocupação do solo, as prefeituras têm equipes que mantém contato direto com a população rural. Por isso, fazer a gestão das águas em parceria com as prefeituras é fundamental. Eles conhecem a realidade do município e, a partir deste conhecimento, a Aesa tem como ordenar alocação da água para atender a todos os agricultores da região”, explicou Porfírio Loureiro.

Ficará a cargo da Prefeitura Municipal de Pitimbu realizar um levantamento da situação ambiental do rio; implementar ações de recuperação ambiental; buscar parcerias com instituições públicas e privadas que possam colaborar com ações ambientais; elaborar relatórios técnicos sobre os trabalhos realizados e fazer a coleta e transporte de resíduos sólidos das comunidades.

“Temos uma zona rural muito extensa com mais de 2.300 agricultores cadastrados que precisam irrigar para garantir a produção, por isso é tão importante organizar a distribuição desta água. Fazendo isso e preservando a bacia hidrográfica do rio Mucatu, vamos garantir que não falte água, beneficiando todos moradores, principalmente aqueles da zona rural”, destacou Adelma Cristovam.

https://www.sorrentinonoticias.com.br/2023/02/governo-da-paraiba-e-prefeitura-de.html?m=1

sexta-feira, 13 de janeiro de 2023

Praia paraibana Branca do Curral de Pitimbu é destaque em reportagem nacional

 


A Praia Branca do Curra, em Pitimbu, na Paraíba, é destaque em uma matéria publicada nesta quinta-feira no site da Folha de S. Paulo. Ela aparece na lista das “10 praias brasileiras que poucos ouviram falar e que valem a visita.

“Farol ou a vizinha (e ainda mais preservada) Branca do Curral são as principais piscinais naturais do município. Se formam na maré baixa entre 1,5 km e 3 km da costa. Na altura da cintura, a água transparente permite enxergar o fundo com nitidez. Com snorkel, é possível avistar peixes de diferentes espécies. Para quem curte uma praia como veio ao mundo, sem roupa, Tambaba fica a 25 minutos de carro”, diz a reportagem.

Confira a íntegra da reportagem da Folha:

Conheça 10 praias brasileiras que poucos ouviram falar e que valem a visita

É tempo de praia. Num país de cerca de 8.000 km de costa litorânea, o que não falta são faixas de areia banhadas de água cristalina, mas cada qual com suas características.

Existem aquelas que servem de ponto de partida para uma breve viagem até uma piscina natural, repleta de peixinhos, com água batendo na cintura, e aquelas mais escondidas, onde se pode nadar completamente livre dos trajes de banho, sem ninguém por perto, à espreita. Quem gosta de uma boa muvuca para curtir mar e sol com muita agitação também encontra opções. A melhor praia é aquela
onde a gente se sente bem.

Esta lista, que não contempla todos os estados praieiros, é uma pequena amostra do que o país tem a oferecer e, principalmente, um guia para orientar banhistas. Para aproveitar ainda mais o litoral, fique atento à tábua das marés.

Barra Grande

Cajueiro da Praia (PI)

Integra a Rota das Emoções, traçado turístico que liga Fortaleza (CE) a São Luís (MA). Nas ruas de areia, além de pousadas, há bares, cafés e restaurantes, cujas portas se abrem somente após o pôr do sol, quando a galera do kite já está com os pés no chão. Na maré baixa, caminhe por cerca de 3 km mar adentro e relaxe em piscinas naturais.

Ponta Grossa

Icapuí (CE)

A última cidade cearense do litoral leste, na divisa com o RN, guarda uma variedade de belas praias com falésias coloridas, dunas, restingas, rios e mangues. Ponta Grossa consegue juntar tudo isso, com marzão a perder de vista e, o que é melhor, quase sempre sem gente. Ali perto também estão as praias da Redonda e da Peroba. O melhor período para ir é de julho a dezembro.

Sibaúma

Tibau do Sul (RN)

Lugar de desova de tartarugas, essa praia, digamos, ainda selvagem, fica depois da badaladíssima Pipa, sentido sul. Originado de um antigo quilombo, o vilarejo de pescadores é bastante pacato, apesar de já contar com hotel de luxo. O rio Catu pode ser atravessado a pé, mesmo na maré cheia. Do outro lado, há uma barreira de recifes que protege a costa das ondas mais fortes.

Branca do Curral

Pitimbu (PB)

Farol ou a vizinha (e ainda mais preservada) Branca do Curral são as principais piscinais naturais do município. Se formam na maré baixa entre 1,5 km e 3 km da costa. Na altura da cintura, a água transparente permite enxergar o fundo com nitidez. Com snorkel, é possível avistar peixes de diferentes espécies. Para quem curte uma praia como veio ao mundo, sem roupa, Tambaba fica a 25 minutos de carro.

São Bento

Maragogi (AL)

Na divisa com Japaratinga, outro município de águas belas, São Bento ainda é uma pacata vila de pescadores. Da praia partem pequenas embarcações para as piscinais naturais, a cerca de 3 km de costa. É na chamada croa de São Bento, lugar de formações de corais e águas translúcidas, o ponto de parada para a prática de mergulho ou simplesmente para um banho tranquilo, com vista para a costa. Só é possível fazer a visita na maré baixa, ou seja, até 0,6 nesse ponto da Costa dos Corais.

Ponta do Corumbau

Prado (BA)

Quando a maré começar a baixar, é hora de atravessar a faixa de areia com cerca de 500 metros mar adentro. O “corredor” de areia descortina, de um lado, um piscinão de águas calmas, cristalinas e esverdeadas. Do outro, o mar agitado, “cortado” pela foz do rio Corumbau. Fica pertinho do Monte Pascoal. É um lugar para contemplar, respirar e relaxar. Sentido sul, está a cerca de 50 km da vila de Cumuruxatiba. Ao norte, a aproximadamente 10 km, está Caraíva. O nome do lugar já entrega: Corumbau significa “longe de tudo” na tradução tupi. Perfeita o ano inteiro.

Lopes Mendes

Ilha Grande (RJ)

Ali as ondas chegam fortes, arrebentando numa faixa de 3 km de areia fina e firme. Suas águas cristalinas são morada de tartarugas, robalos, moreias e de outros habitantes marinhos que seduzem os visitantes dispostos a sair da superfície. A variação de tonalidades do mar é outro atrativo, emoldurado por um naco generoso de mata atlântica. Da Vila do Abraão, no centrinho de ilha, partem lanchas e barcos, que do cais até a praia do Pouso levam de 30 a 50 minutos. Ao término desse trajeto, é preciso encarar uma trilha de nível leve de apenas 1 km até alcançar a praia. Vale.

Fazenda

Ubatuba (SP)

Fica a cerca de 30 minutos do centro de Ubatuba, sentido Paraty. Margeada por dois rios, a faixa de areia está dentro de uma área de proteção ambiental, o Parque Estadual Serra do Mar, Núcleo Picinguaba, nome de uma vila de pescadores que pode ser acessada dali a pé. Entre tantas vantagens dessa praia, uma é que mesmo na concorrida temporada de férias de verão ela permanece quase sempre deserta. Não existem barracas tampouco ambulantes em sua orla. Coberta por uma faixa de areia branca que se estende por 3,5 km, com mar calmo, a Fazenda é ideal para quem busca conexão direta com a natureza. Pertinho dali, ainda temos a simpática praia de Picinguaba e a de estilo “roots”, bem mais selvagem, Camburi de Ubatuba, última antes da divisa com o estado do Rio.

Saquinho

Floripa (SC)

Lagoinha do Leste, sem dúvida, costuma figurar nas listas das praias mais belas do país. De fato, vale a pena conhecê-la, com o custo de encarar trilhas ou, algo mais leve, fazer a travessia de barco. Para quem optar por uma leve caminhada, prática possível entre crianças e idosos, com um visual incrível da costa, Saquinho, ali perto, vem na medida certa. Para chegar até lá, deve-se tomar a estrada asfaltada até o Pântano do Sul, virar à direita em direção à praia dos Açores e seguir para a praia da Solidão. Nesta, cercada por morros ainda intactos, um pequeno rio desemboca no mar.

Guarita

Torres (RS)

O verão no Rio Grande do Sul costuma ser bastante ensolarado, com chuvas isoladas. Único lugar gaúcho à beira-mar agraciado com morros de origem vulcânica que afloraram na orla, a praia, localizada no parque de mesmo nome, fica numa área de convívio desenhada por enseadas e penhascos. Banhada por águas próprias para surfe e esportes náuticos, Guarita mantém uma temperatura agradável, de dezembro até abril, também para um tibum.


Parlamento PB