Total de visualizações de página

sexta-feira, 18 de junho de 2021

Homenagem: deputado Branco Mendes apresenta projeto para denominar de Jorge Luiz de Lima a PB- 036 que liga Alhandra e a PB-008

O deputado Branco Mendes que celebrou a recente conquista junto ao Governo do Estado com a licitação para pavimentação da PB-036 que liga Alhandra à PB-008, apresentou um Projeto de Lei para homenagear o prefeito falecido de Pitimbu, com o seu nome na rodovia.

Jorge Luiz de Lima, conhecido como Jorge do Povão, foi vice-prefeito do município de Pitimbu e eleito em 15 de novembro de 2020, com 54,59% dos votos válidos, para o seu primeiro mandato como prefeito.

Infelizmente, o jovem e promissor político pitimbuense não governou por muito tempo o município que tanto amava, em decorrência de seu falecimento, em 31 de março de 2021, vítima de Covid.

Para homenagear o amigo que apoiou e caminhou junto na campanha e nos primeiros meses de gestão, Branco Mendes apresentou na Assembleia Legislativa o projeto para registrar o nome de Jorge Luiz na Rodovia PB-036 que cruza os Assentamentos da Fazenda Abiaí, com extensão de 10 quilômetros, estadualizada pela Lei nº 9.207/2010 de autoria de Branco, que terá implantação sua pavimentação asfáltica, cuja licitação da obra já publicada em Diário Oficial do Estado.

“Essa estrada foi também um pleito de Jorge e chegamos até a participar de uma reunião no DER para solicitar essa obra. Nada mais justo que homenageá-lo com o nome nessa rodovia que eternizará a luta de um jovem simples de Acaú que se tornou prefeito do seu povo”, disse Branco.

Portal litoral PB 

quinta-feira, 17 de junho de 2021

Novo decreto suspende feriado de São João na PB; veja todas as medidas

 


O Diário Oficial do Estado (DOE) publica, nesta quinta-feira (17), o decreto que disciplina as atividades na Paraíba entre os dias 19 de junho e 2 de julho em virtude da pandemia da Covid-19. As novas diretrizes estabelecem o cancelamento do feriado de São João no estado, bem como determinam a suspensão de festejos juninos públicos e privados e flexibiliza o funcionamento de academias, restaurantes, igrejas e shoppings, levando em consideração os esforços no combate à pandemia e a importante progressão da cobertura vacinal na Paraíba.

A partir do próximo sábado, os bares, restaurantes, lanchonetes e lojas de conveniência poderão funcionar com atendimento nas suas dependências das 6h às 21h, com ocupação de 30% da capacidade do local, ficando vedada, antes e depois desse horário, a comercialização de qualquer produto para consumo no próprio estabelecimento, cujo funcionamento poderá ocorrer apenas através de delivery ou para retirada pelos próprios clientes. As missas, cultos e quaisquer cerimônias religiosas presenciais poderão ocorrer com ocupação de 30% da capacidade do local durante o período de vigência do decreto, ficando asseguradas as atividades de preparação, gravação e transmissão, além das ações de assistência social e espiritual. As academias também poderão funcionar com 30% da sua capacidade.

Já a realização de festejos juninos, patrocinados por entes públicos e privados, tais como prefeituras, associações, sindicatos, clubes, áreas de lazer de condomínios, fica proibida, e os pontos facultativos e feriados dos dias 23, 24, 28 e 29 de junho serão cancelados em todo o território estadual.

O decreto também recomenda aos municípios que decretem o fechamento de praias, parques, praças e demais espaços públicos destinados a lazer e veda o funcionamento de cinemas, museus, teatros, circos, casas de festas, centros de convenções, salas de espetáculos, bem como a realização de eventos sociais, congressos, seminários, conferências, shows e feiras comerciais.

Estão liberados para funcionamento, seguindo os protocolos sanitários, os salões de beleza, escolinhas de esporte, creches, hotéis, pousadas, construção civil, indústria e call centers. Os shoppings centers e centros comerciais poderão funcionar das 10h até 22h, limitando a capacidade de atendimento nas praças de alimentação a 30%. Os estabelecimentos do setor de serviços e o comércio poderão funcionar até dez horas contínuas por dia, sem aglomeração de pessoas nas suas dependências e as atividades da construção civil poderão ocorrer das 6h30 às 16h30.

As atividades presenciais nos órgãos e entidades vinculadas ao Poder Executivo Estadual ficarão suspensas no período de vigência do decreto, à exceção das Secretarias de Saúde, Segurança e Defesa Social, Administração Penitenciária, Desenvolvimento Humano, Fazenda, Secretaria de Comunicação, Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana, Cagepa, Fundac, Detran, Codata, Docas e PBGÁS.

Em relação às atividades escolares, seguem liberadas as aulas práticas dos cursos superiores e a realização das atividades presenciais para os alunos com transtorno do espectro autista (TEA) e para pessoas com deficiência. As escolas e instituições privadas dos ensinos infantil e fundamental poderão funcionar através do sistema híbrido. Já as aulas para os alunos dos ensinos médio e superior das instituições privadas, assim como para os estudantes das redes públicas estadual e municipais se mantêm em modelo remoto.

A Agência Estadual de Vigilância Sanitária (Agevisa) e os órgãos de vigilância sanitária municipais, as forças policiais estaduais, os Procons estadual e municipais e as guardas municipais ficarão responsáveis pela fiscalização do cumprimento das normas estabelecidas no decreto. O descumprimento sujeitará o estabelecimento à aplicação de multa e poderá implicar no fechamento em caso de reincidência, que pode compreender períodos de sete a catorze dias, e na aplicação de multas que podem chegar a R$ 50 mil.

Uso de máscaras – Permanece obrigatória no estado a utilização das máscaras nos espaços de acesso aberto ao público, incluídos os bens de uso comum da população, vias públicas, no interior dos órgãos públicos, nos estabelecimentos privados e nos veículos públicos e particulares, inclusive ônibus e táxis, cabendo aos órgãos públicos, aos estabelecimentos privados e aos condutores e operadores de veículos a exigência do item.

PB Agora

Após quatro dias internado para tratamento da Covid-19, Prefeito de Cajazeiras tem piora e será transferido para São Paulo

 
Após quatro dias internado para tratamento da Covid-19, em um Hospital de João Pessoa, o Prefeito de Cajazeiras, José Aldemir, teve uma piora do seu quadro. Com a lotação da UTI do Sírio Libanês, a família do prefeito optou pela transferência para o Instituto Nacional do Coração (Incor). A informação foi confirmada no fim da tarde desta quarta-feira (16) pela esposa e deputada Dra. Paula em entrevista ao programa Hora H, da Rede Mais Rádio. 
Como apurou o ClickPB, em texto publicado por ela em suas redes sociais, o prefeito que estava em tratamento em um dos apartamentos, precisou ser transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), pois precisava de um suporte de oxigênio melhor. 
“José Aldemir precisa de cuidados mais delicados, motivo pelo qual foi transferido para a UTI. Ele se encontra com parâmetros de infecção caindo consideravelmente e sem febre. Mais orações, e confiante que ele sairá dessa”, declarou a deputada.
José Aldemir foi internado no sábado (12) em um hospital particular de João Pessoa. Ele testou positivo para Covid-19 na quinta-feira (10) e estava se recuperando em casa, mas precisou ser internado para usar medicação endovenosa e fazer um tratamento mais rigoroso

quarta-feira, 16 de junho de 2021

Zé Aldemir é transferido para UTI na busca de melhor suporte contra a covid


 

Nesta quarta-feira (16), a deputada estadual e primeira-dama da cidade de Cajazeiras, dra. Paula (Progressistas) atualizou as informações sobre o estado de saúde do marido, Zé Aldemir.

De acordo com a parlamentar o prefeito de Cajazeiras foi transferido para Unidade de Terapia Intensiva (UTI), porém não está intubado.

Dra. Paula detalhou que a transferência foi realizada a fim de que o gestor possa ter um melhor suporte de oxigênio do que o oferecido em apartamento.

Ainda conforme a primeira-dama Zé Aldemir está com parâmetros de infecção caindo consideravelmente e sem febre.

PB Agora

Prefeita Adelma Cristovam empossa novo diretor do Demutran de Pitimbu e solicita mais ações de conscientização sobre trânsito seguro

 

A prefeita Adelma Cristovam empossou nesta segunda-feira, 14, o novo diretor do Departamento Municipal de Trânsito (DEMUTRAN) de Pitimbu. Trata-se de Edgar Marcílio que já fazia parte do órgão como agente de trânsito e agora passa a comandar o Departamento.

Falando ao novo diretor e a equipe, Adelma solicitou que sejam implementadas mais ações que trabalhem a conscientização da comunidade para um trânsito seguro.

“Eu agradeço a toda equipe pelo importante trabalho desenvolvido no Demutran de Pitimbu e quero dar todo o apoio para que tenhamos um trânsito consciente e mais seguro para nossa população”, disse a prefeita.

O novo diretor destacou que terá um grande desafio. “Foi com muita satisfação que recebi este convite da Prefeita Adelma, vamos fazer o nosso melhor para o trânsito da cidade. Nosso objetivo é trazer fluidez e eficiência”, disse Edgar.

 Portal Litoral PB

Efraim Filho destinou R$ 1 milhão em emendas para ampliar ações e serviços na Saúde de Caaporã

 

A articulação do prefeito Kiko Monteiro junto ao deputado federal Efraim Filho conquistou emendas no valor de R$ 1.000.000,00 para fortalecer a saúde do município de Caaporã.

Uma emenda de R$ 300.000,00 tinha sido indicada anteriormente para ser utilizada na ampliação dos serviços da saúde municipal em média e alta complexidade.

Nesta terça-feira (15) o valor de R$ 700.000,00 foi disponibilizado para manutenção de ações da atenção básica.

O parlamentar federal também destinou ao município dois respiradores que estão sendo utilizados nos atendimentos aos pacientes da covid-19 que são atendidos em Caaporã.

“Agradecemos ao deputado federal Filho, que sempre contribuiu com nosso município com o envio de emendas e recursos, possibilitando o fortalecimento de ações e melhorias para a toda a população. Nossa parceria garante para Caaporã grandes melhorias que fazem toda a diferença, principalmente nesta batalha que estamos enfrentando na área de saúde” destaca o prefeito municipal, Kiko Monteiro.

Portal Litoral PB

Após anos de luta, Branco Mendes comemora licitação para pavimentação da PB-036 entre Alhandra e PB-008

 

Foram anos de luta até conseguir a tão esperada licitação para implantação e pavimentação da PB-036, rodovia que liga Alhandra à PB-008. O deputado Branco Mendes, enfim, pode comemorar mais um pleito do seu mandato que está bem próximo de se tornar realidade e beneficiar mais uma vez a população do Litoral Sul paraibano.

O parlamentar lembra que desde 2007, atua para que a estrada que cruza os assentamentos da Fazenda Abiaí com 10 quilômetros de extensão seja pavimentada.

Em 2010 através da Lei 9.207/2010 de sua autoria, Branco Mendes conseguiu estadualizar a rodovia ainda no Governo de José Maranhão (In Memorian).

“Hoje celebramos o lançamento da licitação publicado no Diário Oficial na última sexta-feira, 11, pelo governador João Azevedo, a quem dirijo meus agradecimentos por mais uma vez atender um pleito do nosso mandato. Quero agradecer a toda diretoria do Departamento de Estradas de Rodagens (DER) que vem sendo parceira e fortalecendo a nossa atuação em beneficio dos municípios”, disse Branco Mendes.

O parlamentar destaca que a rodovia PB-036 será um grande marco no fortalecimento econômico da região do Litoral Sul. Sendo também uma nova alternativa de tráfego que ajudará no desafogamento do trânsito em outras rodovias, pois ela vai cruzar a PB-008 até a praia Marinas do Abiai numa extensão de 12,3 quilômetros.

As obras de implantação e pavimentação da PB-036 está orçada em R$ 13.788.547,98 (treze milhões, setecentos e oitenta e oito mil, quinhentos e quarenta e sete reais e noventa e oito centavos). Agradecemos ao Governador João Azevêdo por estar sempre com o olhar voltado para o crescimento e desenvolvimento do nosso Litoral Sul.

Portal Litoral PB

Lei obriga que eventos esportivos na PB divulguem mensagens de combate à violência contra a mulher

Entrou em vigor, a Lei que obriga que eventos esportivos na Paraíba divulguem mensagens de combate à violência contra a mulher. A obrigatoriedade fazer de uma lei publicada nesta quarta-feira (16) no Diário Oficial do Estado (DOE). As mensagens de combate à violência contra a mulher devem ser expostas durante a realização de eventos esportivos nos estádios, quadras poliesportivas e recração, na Paraíba.

A Lei de autoria do deputado João Gonçalves (PDO), determina que a divulgação de mensagens será de acordo com a dimensão de cada evento, podendo ser através de monitores ou banners, enquanto o evento durar.

Além disso, as mensagens devem dispor o o número da Lei Maria da Penha (Lei Federal nº 11.340, de 7 de agosto de 2006, o número do telefone da Central de Atendimento à Mulher (180), o número do telefone da Polícia Militar (190), e os números dos telefones das Delegacias Especializadas da Mulher.

O descumprimento da lei pode acarretar pagamento de multa que deve ser fixada entre R$ 1 mil e R$ 30 mil. Em caso de reincidência, a multa prevista pode ser aplicada em dobro.

PB Agora


sábado, 12 de junho de 2021

Quadro de Zé Aldemir piora e prefeito de Cajazeiras é internado na capital com 40% dos pulmões comprometidos



O prefeito de Cajazeiras, José Aldemir (Progressistas), foi internado em um hospital de João Pessoa após exames mostrarem que 40% dos seus pulmões estão comprometidos pela infecção da covid-19.
A informação foi confirmada pela esposa do prefeito, a deputada estadual Drª Paula. De acordo com ela, se o quadro piorar, o prefeito será levado para continuar o tratamento em São Paulo.
Zé Aldemir testou positivo para a doença na última terça-feira (8) e cumpria isolamento em sua residência na capital. Ele já havia tomado a 1ª dose da vacina Astrazeneca.

 

Da Redação

Prefeito de Brejo dos Santos, Dr. Lauri, morre de covid-19 aos 74 anos



Morreu neste sábado (12) o prefeito de Brejo dos Santos, Dr Lauri. Ele tinha 74 anos e faleceu em decorrência da contaminação pelo novo coronavírus. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital de João Pessoa, mas não resistiu às complicações da doença.

Lauri Ferreira da Costa tinha 74 anos. Era médico e já havia sido prefeito de Brejo dos Santos por seis vezes, além de ter ocupado o cargo de deputado estadual da Paraíba entre 1991 e 1994, sendo um dos maiores líderes políticos da região. Seu pai foi, Lavaldino Luiz da Costa, foi o primeiro prefeito do município. Dr Lauri era casado e deixa esposa, filhos e netos.

Em nota, a Federação das Associações dos Municípios da Paraíba (Famup), através do presidente George Coelho, lamentou o falecimento do gestor:

“Recebemos com muita tristeza a morte do Dr Lauri, um homem íntegro, que ao longo da vida trabalhou em prol do povo, seja na política ou em sua atuação como médico, profissão que também demonstrava grande zelo. Rogamos a Deus que possa confortar o coração dos familiares por essa perda”, disse o presidente da Famup, George Coelho.

 

Da Redação com Assessoria

quinta-feira, 10 de junho de 2021

Parceria entre Prefeitura de Pitimbu e SENAI viabiliza qualificação profissional de jovens

 


Em seu discurso de posse no dia 05 de abril de 2021, a prefeita de Pitimbu Adelma Cristovam citou a geração de emprego e renda como um dos grandes desafios e foco de sua gestão.

Nesta quarta-feira (09) a gestora deu um importante passo para garantir emprego aos jovens pitimbuenses, firmando uma parceira com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, (SENAI) para capacitação de 128 Jovens que serão inseridos no Mercado de Trabalho.

Inicialmente serão oito turmas na área de construção civil com os cursos de qualificação de Pedreiro de Alvenaria, Instalador hidrosanitário, eletricista Instalador residencial e pintor de obras . A ideia é que na sequência sejam ofertadas turmas de Qualificação na área industrial, dando oportunidade para que os jovens conquistem o emprego fixo.

“Uma das metas da nossa gestão é garantir a capacitação dos moradores para que eles conquistem o tão sonhado emprego. Essa parceria da Prefeitura com o SENAI visa capacitar e empregar a população, atendendo ao setor industrial local e fortalecendo a economia”, disse a prefeita Adelma Cristovam.

 

Fonte: Portal litoral PB

quarta-feira, 9 de junho de 2021

Opinião: Disputa para o Senado poderá ser mais acirrada do que para o Governo


 A menos que surja um nome de grande densidade eleitoral para concorrer com o governo com João Azevêdo, a disputa para a única vaga disponível para o Senado tende a ser mais interessante e acirrada do que para Governo do Estado.

Considerando a escassez de liderança, além do fato de governador levar a vantagem de disputar reeleição com a máquina e o orçamento em mãos, porque não precisam se desincompatibilizar, João Azevêdo tende a não ter muito com o que se preocupar. Assim sendo, esta será uma eleição a despertar pouco interesse pelo pouco grau de acirramento.

Quem são os grandes nomes para concorrer com João Azevêdo, dentre os até agora cogitados? Ninguém. João está só no páreo e, ao que tudo indica, nenhum outro lhe fará sombras.

Lembrando: este é o quadro que se apresenta até o momento, com poucas perspectivas de mudança em função de falta de nomes com reais condições de concorrer ao Governo para derrotar não qualquer que esteja aquele que estiver no Palácio da Redenção com mandato, caneta, diário oficial etc.

Senador

De acordo com o que noticiou o PB Agora, recentemente, pelo menos sete nomes estarão no páreo da disputa para senador. A maioria, claro, só para figurar ou amealhar alguma vantagem durante a campanha. São eles: Efraim Filho; o vereador Carlão da Consolação, Aguinaldo Ribeiro, Bruno Roberto, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga; o ex-deputado federal Walter Brito Neto e o ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo.

Embora não apareçam na lista do PBAgora, o ex-governador Ricardo Coutinho disse em entrevista esta semana que irá disputar o senado em 2022; o ex-governador Cássio Cunha Lima é uma possibilidade real e, naturalmente, agregaria mais interesse do eleitor pela disputa do que a maioria dos outros mencionados.

E, convenhamos: uma eventual disputa para senador envolvendo Cássio Cunha Lima e Ricardo Coutinho tem tudo para ser bem acirrada e despertar mais o interesse do eleitor e do público em geral.

Depende

Dentre os nomes que possivelmente disputarão o senado, alguns têm implicações. O ex-governador Cássio, por exemplo, só disputará o Senado se o filho Pedro não disputar o governo. O que é muitíssimo provável, por sinal.

O ex-governador Ricardo Coutinho, também vai depender da sua situação jurídica até a data de registro de candidatura. Porque, como todos nós sabemos, se ele estiver elegível agora, poderá não estar lá na frente, porque o cerco é grande e tudo pode acontecer…

Aguinaldo Ribeiro também teria um problema, para disputar o senado: a irmã Daniella já é senadora e, dificilmente, o eleitor elegeria dois irmãos para a mesma casa legislativa.

Mas, atenção: muita água ainda vai rolar sob a ponte. E, na política, assim como as nuvens, tudo muda muito rápido.

Luto

Muito sentida, na Paraíba toda, a morte da filha do deputado Tião Gomes. Thiane Gomes, que estava há vinte dias internada no Hospital da Unimed, não resistiu aos efeitos da Covid-19 e faleceu nesta quarta-feira (9).

O deputado Tião Gomes havia acabado de participar da sessão remota da Assembleia quando foi informado de que a sua filha tinha falecido.

A sessão foi suspensa depois de um minuto de silêncio e algumas manifestações de pesar da parte dos deputados.

Em Brasília

O deputado federal Ruy Carneiro liderou uma comitiva composta por representantes de hospitais filantrópicos da Paraíba durante uma reunião com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em Brasília. Na audiência, foram apresentadas demandas importantes.

Atualização da tabela SUS, reformas, aparelhagem, dificuldades das instituições e pleitos já demandados, foram apresentados ao ministro Queiroga.

Por Wellington Farias

Quase R$ 700 mil em emendas de Efraim Filho são liberados para Itapororoca e Solânea

O deputado federal Efraim Filho (DEM) confirmou a liberação de Emendas parlamentares conseguidas através de seu mandato em Brasília para os municípios de Itapororoca e Solânea, ambos localizados na região do Brejo paraibano. O valor total alcança o montante de R$ 655.785,71

De acordo com Efraim, o município de Itapororoca foi contemplado com uma emenda no valor total de R$ 178.285,71 (cento e setenta e oito mil, duzentos e oitenta e cinco reais e setenta e um centavos) para pavimentação de ruas do bairro Nova Brasília.

 Já o município de Solânea, segundo o parlamentar, foi contemplado com uma emenda no valor total de R$ 477.500,00 (quatrocentos e setenta e sete mil e quinhentos reais) para recapeamento asfáltico da cidade.

Para Solânea, a verba foi dividida em duas parcelas sendo, a primeira de R$ 286.500,00 (duzentos e oitenta e seis mil e quinhentos reais) e a última de R$ 191.000,00 (cento e noventa e um mil reais). Já para Itapororoca a Emenda foi liberada em parcela única.

O deputado federal Efraim Filho é líder do DEM na Câmara, em Brasília, e pré-candidato ao Senado pelo Estado da Paraíba nas próximas Eleições, em 2022.

 

Assessoria

Covid-19: quase 8 mil pessoas já morreram na Paraíba



Paraíba confirma 1.345 novos casos e 37 óbitos por Covid-19

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, nesta quarta (9), 1.345 novos casos de Covid-19. Entre os confirmados hoje, 103 (7,66%) são casos de pacientes hospitalizados e 1.242 (92,34%) são leves. Agora, a Paraíba totaliza 348.353 casos confirmados da doença, que estão distribuídos por todos os 223 municípios. Até o momento, 955.8360 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

 Também foram confirmados 37 novos óbitos desde a última atualização, sendo 17 ocorridos nas últimas 24h. Os óbitos confirmados neste boletim aconteceram entre os dias 06 de abril e 09 de junho de 2021, sendo 01 em hospital privado e os demais em hospitais públicos. Com isso, o estado totaliza 7.957 mortes. O boletim registra ainda um total de 234.501 pacientes recuperados da doença.

Concentração de casos

Cinco municípios concentram 659 novos casos, o que corresponde a 48,99% dos casos registrados nesta quarta. São eles: João Pessoa, com 469 novos casos, totalizando 90.149; Campina Grande, com 97 novos casos, totalizando 31.118; Guarabira, com 34 novos casos, totalizando 8.269; Cajazeiras, com 30 novos casos, totalizando 8.150; Brejo do Cruz, com 29 novos casos, totalizando 1.435.

Óbitos

Até esta quarta, 219 cidades paraibanas registraram óbitos por Covid-19. Os 37 óbitos confirmados neste boletim ocorreram entre residentes dos municípios de Bayeux (1); Boa Vista (1); Boqueirão (1); Campina Grande (5); Coremas (1); Curral de Cima (1); Dona Inês (1); Emas (1); Itatuba (1); Jacaraú (1); João Pessoa (11); Lagoa Seca (1); Monteiro (1); Mulungu (1); Picuí (1); Pilões (1); Pocinhos (1); Pombal (1); São Bento (1); Serra Branca (1); Serra Grande (1); Serra Redonda (1) e Triunfo (1).

As vítimas são 24 homens e 13 mulheres, com idades entre 32 e 93 anos. Cardiopatia foi a comorbidade mais frequente e 15 não tinham comorbidades.

Ocupação de leitos Covid-19

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 77%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 75%. Em Campina Grande estão ocupados 78% dos leitos de UTI adulto e no sertão 93% dos leitos de UTI para adultos. De acordo com o Centro estadual de regulação hospitalar, 89 pacientes foram internados nas últimas 24h. Ao todo, 984 pacientes estão internados nas unidades de referência.

Cobertura Vacinal

Foi registrado no sistema de informação SI-PNI a aplicação de 1.386.200 doses. Até o momento, 928.912 pessoas foram vacinadas com a primeira dose e 457.288 com a segunda dose da vacina. A Paraíba já distribuiu um total de 1.907.680 doses de vacina aos municípios.

 

Secom

Plano de recuperação e despoluição do Rio Maceió é apresentado à Prefeitura de Pitimbu

 

Durante reunião remota, entre a ECO’s Consultoria e Soluções Ambientais – Empresa Júnior (UFPB), e a Prefeitura Municipal de Pitimbu, foi apresentado o Plano de recuperação da qualidade da água do Rio Maceió, que percorre parte da cidade e atualmente encontra-se poluído, impactando negativamente o meio ambiente da região, tornando trechos da área litorânea não balneável, consequentemente, prejudicando a economia da cidade que tem com como base o turismo e a pesca, e gerando uma má qualidade de vida para a população ribeirinha.

A Prefeita Adelma Cristovam e o secretário de Turismo e Meio Ambiente, José Netto, participaram da reunião e destacaram a importância desse projeto para o município.

Ana Júlia, que gerenciou o estudo, apresentou o projeto e os resultados preliminares de recuperação ambiental do Rio Maceió, por meio das técnicas de saneamento ecológico para as residências ribeirinhas e biorremediação no rio.

O processo de despoluição é relativamente simples, porém, exige esforços e comprometimento da população para que nenhum esgoto e outros materiais sejam lançados. A Prefeitura Municipal de Pitimbu, por meio da Secretaria de Turismo e Meio e a Secretaria de Obras e Serviços Urbanos, ficará responsável pela execução do projeto e pela campanha de sensibilização voltada à população ribeirinha.

As etapas do plano de ação para a implementação do projeto:

  1. LIMPEZA DOS RESÍDUOS SÓLIDOS DO RIO: a Prefeitura de Pitimbu já realiza essa ação e de limpeza no Rio Maceió;
  2. CONSTRUÇÃO DOS PROJETOS DE SANEAMENTO ECOLÓGICO: construção do Círculo de Bananeiras, e para as casas que não possuem fossa para água cinza, e a construção dos Tanques de Evapotranspiração para as casas que não possuem fossa para água negra. A Prefeitura disponibilizará a distribuição, impressa e/ou virtual, dos manuais de construção para população e os materiais de Educação Ambiental sobre o tema;

III. CONSTRUÇÃO DOS PROJETOS DE BIORREMEDIAÇÃO:  implementação do Wetlands (Jardins Filtrantes) e do biofilme.

  1. MONITORAMENTO: após a implementação dos projetos, é necessário o monitoramento ambiental, para garantir o bom andamento das soluções e a melhoria da qualidade do rio.

Também participaram da reunião: Luana Rodrigues (Gerente da ECO’s), Ana Júlia (Gerente do Projeto), Chico Pinheiro  (Chefe do Gabinete da Prefeita), Maxiel Pessoa (Secretário de Obras e Serviços Urbanos), Delza Ramos (Sec-Adj TMA), Gilson Moura (Diretor da Divisão de Meio Ambiente), Rafaella Amorim (Atendente Técnica de Meio Ambiente), Almeres Macedo (Diretor da Divisão de Maio Ambiente)

Portal Litoral PB 

segunda-feira, 7 de junho de 2021

Promotoria recomenda proibição de fogueiras e fogos em Caaporã e Pitimbu

 


Após receber denúncias, a Promotoria de Justiça de Caaporã expediu recomendações aos Municípios de Caaporã e Pitimbu para que, durante o período em que vigorar a pandemia de covid-19, adotem as providências necessárias para proibir e fiscalizar, em todo o território municipal, a confecção de fogueiras e o uso de fogos de artifício. A recomendação foi expedida pela promotora de Justiça Miriam Pereira Vasconcelos que fez um apelo às pessoas para que, de forma consciente, respeitem aqueles que estão acometidos pela doença.

Na recomendação, a promotora Miriam Vasconcelos destaca que a tradição de acender fogueiras e queimar fogos de artifício, naturalmente, provoca aglomerações, comprometendo a eficácia do isolamento social como medida de contenção da pandemia.

Além disso, aumenta a produção de fumaça, que elevará os riscos de problemas respiratórios e agravar os pacientes que estão contaminados, além de aumentar os acidentes com queimaduras, contribuindo para a superlotação da rede hospitalar e dificultando o combate à covid-19.

A promotora ressalta ainda que as festas juninas têm caráter cultural, mas não podem prevalecer sobre o direito à saúde e o direito à vida, aos quais deve ser atribuído maior peso em ponderação, à luz dos princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, bem como da precaução e da prevenção.

PB Agora com MPPB

Opinião: RC diz que disputará o Senado, mas “esquece” os problemas jurídicos que podem deixá-lo inelegível

 


O desejo, assim como a razão, são “peças” fundamentais que diferem o ser humano de outros animais. E o desejar do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) em ser candidato ao Senado nas eleições de 2022 é perfeitamente natural. O problema é que ele mesmo não sabe se estará elegível ou não para disputar o pleito.

Contra Coutinho tramita na Justiça Comum e Eleitoral uma série de processos, o que pode aniquilar seu sonho em buscar um assento no Senado. Não é segredo que o caso mais rumoroso está contido na chamada Operação Calvário.

Pesa contra ele uma denúncia formulada pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado do Ministério Público do Estado da Paraíba (Gaeco). Ricardo Coutinho é apontado como líder de uma suposta organização criminosa (Orcrim) que, dentre os atos ilícitos, estaria a distribuição de propinas e desvio de verbas nas pastas da Saúde e Educação enquanto esteve o socialista à frente do Executivo Estadual.

Agora surgiu outro problema sobre os ombros de Ricardo Coutinho. Na última sexta-feira (04) o Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) apontou gastos na ordem de R$ 5,9 bilhões com codificados durante a gestão do ex-governador. Outras irregularidades foram observadas, como a abertura de um crédito especial de R$ 250 milhões sem a devida autorização legislativa.

Observado tais fatos a Corte rejeitou por unanimidade os balancetes do socialista referentes ao exercício de 2017. Agora o parecer seguirá para a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Ministério Público da Paraíba e à Receita Federal.

Mas o destino efetivo da problemática enfrentada por Coutinho reside, mesmo, na ALPB, Casa que o ex-governador tem poucos aliados. E sendo mantida a rejeição das contas o socialista se tornará inelegível, seguindo os ditames da lei Ficha Limpa.

E nesse turbilhão de reveses, não custa observar que o ex-governador amargou um simplório sexto lugar no pleito de 2020, quando disputou o cargo para prefeito de João Pessoa. O outrora imbatível Ricardo Coutinho foi aniquilado por seus adversários, obtendo, apenas, 38.969 votos válidos.

Ou seja; 10,68 % dos sufrágios, enquanto o vencedor do pleito, Cícero Lucena (Progressistas), recebeu 20,72 % de toda a totalização. Em linhas gerais 75.610 votos válidos. E nessa maré violenta que navega Coutinho, conta ele com a seguinte máxima: “O povo tem memória curta”, principalmente os eleitores que residem nos municípios interioranos mais afastados da capital, apostando nesse público uma expressiva votação.

De forma simples, Ricardo Coutinho afirma, com veemência, que será candidato ao Senado. E sim, ele pode. Tem chances de obter êxito? Claro! Mas chagará a disputar o pleito? As chances a cada dia diminuem devido a tantos problemas legais que está e estará enfrentando até 2022. Agora é aguardar o desdobramento desse filme que parece ter sido escrito por Hitchcock.

 
 

Por Eliabe Castor

Covid: PB já contabiliza mais de 7.880 mortes; 28 pessoas morreram só nas últimas 24h

 


A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, nesta segunda-feira (07), 1.422 casos de Covid-19. Entre os confirmados hoje, 52 (3,65%) são casos de pacientes hospitalizados e 1.370 (96,35%) são leves. Agora, a Paraíba totaliza 345.596 casos confirmados da doença, que estão distribuídos por todos os 223 municípios. Até o momento, 952.463 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

Também foram confirmados 34 novos óbitos desde a última atualização, sendo 28 ocorridos nas últimas 24h. Os óbitos confirmados neste boletim aconteceram entre os dias 01 e 07 de junho de 2021, sendo 01 em residência e os demais em hospitais públicos. Com isso, o estado totaliza 7.883 mortes. O boletim registra ainda um total de 230.145 pacientes recuperados da doença.

Concentração de casos

Cinco municípios concentram 821 novos casos, o que corresponde a 57,73% dos casos registrados nesta segunda. São eles: João Pessoa, com 437 novos casos, totalizando 89.222; Campina Grande, com 238 novos casos, totalizando 30.936; Cajazeiras, com 54 novos casos, totalizando 8.085; Barra de Santa Rosa, com 52 novos casos, totalizando 1.380; Santa Rita, com 40 novos casos, totalizando 8.006.

Óbitos

Até esta segunda, 219 cidades paraibanas registraram óbitos por Covid-19. Os 34 óbitos confirmados neste boletim ocorreram entre residentes dos municípios de Arara (1); Barra de Santa Rosa (1); Bayeux (1); Belém (1); Cacimba de Areia (1); Cajazeiras (1); Campina Grande (3); Catolé do Rocha (1); Congo (1); Curral Velho (1); João Pessoa (6); Livramento (1); Mari (1); Monteiro (1); Nazarezinho (1); Nova Olinda (1); Patos (2); Pedras de Fogo (1); Pilar (1); Queimadas (1); Santa Helena (1); Santa Rita (1); São Mamede (1); São Sebastião de Lagoa de Roça (1); Sapé (1); e Serra Branca (1).

As vítimas são 15 homens e 19 mulheres, com idades entre 24 e 90 anos. Hipertensão foi a comorbidade mais frequente e 07 não tinham comorbidades.

Ocupação de leitos Covid-19

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 80%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 79%. Em Campina Grande estão ocupados 81% dos leitos de UTI adulto e no sertão 95% dos leitos de UTI para adultos. De acordo com o Centro estadual de regulação hospitalar, 70 pacientes foram internados nas ultimas 24h. Ao todo, 1.032 pacientes estão internados nas unidades de referência.

 

Secom

sábado, 5 de junho de 2021

Prefeito de Riacho de Santo Antônio, na PB, morre aos 46 anos vítima de Covid-19


O prefeito de Riacho de Santo Antônio, na Paraíba, morreu neste sábado (05), aos 46 anos em decorrência de complicações pela Covid-19.

Gilson Lima de 46 anos, estava internado no Hospital Pedro I, em Campina Grande, em tratamento contra a doença, mas não resistiu.

Segundo informações do hospital, o político estava em leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e seu estado de saúde era considerado grave.

Gilson Lima era casado e tinha 46 anos de idade. Ele foi eleito prefeito de Riacho de Santo Antônio nas Eleições 2020, com 56,67% dos votos. Foram 1.169 votos no total.

Nas redes sociais, o ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, publicou uma nota homenageando o colega.

“Riacho de Santo Antônio e a Paraíba perdem um grande gestor e o excelente ser humano, meus sentimentos a toda família”, disse Romero.

Informações sobre o velório e sepultamento do gestor não foram divulgadas.

Redação

quinta-feira, 3 de junho de 2021

Prefeitura de Pitimbu divulga novo decreto, com mais restrições; confira a publicação.

 


Em novo decreto publicado pela Prefeitura de Pitimbu, Litoral Sul da Paraíba, nesta quinta-feira (3) foram ampliadas as restrições de mobilidade e execução de atividades econômicas até 18 de junho. As medidas ocorrem em razão do aumento das taxas de transmissibilidade do novo coronavírus e do alto índice de ocupação de leitos hospitalares por infectados.

CLIQUE AQUI! NOVO DECRETO AMPLIA MEDIDAS DE RESTRIÇÕES EM PITIMBU DE 03 A 18 DE JUNHO

No período compreendido entre 03 de junho de 2021 a 18 de junho de 2021, os bares, restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniência e estabelecimentos similares poderão funcionar com atendimento nas suas dependências das 06:00 horas até 16:00 horas, com ocupação de 30% da capacidade do local, ficando vedada, antes e depois desse horário, a comercialização de qualquer produto para consumo no próprio estabelecimento, cujo funcionamento poderá ocorrer apenas através de delivery (entregas) ou para retirada pelos próprios clientes (takeaway).

Nos dias 05, 06, 12 e 13 (sábados e domingos) desse mês de junho, os bares, restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniência e estabelecimentos similares somente poderão funcionar através de delivery (entregas) ou para retirada pelos próprios clientes (takeaway), sendo proibido o consumo no local, sob pena do estabelecimento responder pelo descumprimento; os estabelecimentos do setor de serviços e o comércio poderão funcionar até dez horas contínuas por dia, sem aglomeração de pessoas nas suas dependências e observando todas as normas de distanciamento social e os protocolos específicos do setor, exceto nas datas tratadas no art. 5º deste decreto, cujo funcionamento poderá ocorrer apenas através de delivery (entregas).

Fica proibida a visitação ou acesso às praças, parques, praias, e às calçadas situadas na faixa de areia em toda orla do município de Pitimbu, das 17:00hs as 05:00hs.

Durante os dias 05, 06, 12 e 13 (sábados e domingos) de junho de 2021, fica proibida durante todo o dia a visitação e ou acesso às praças, parques, praias e as calçadas situadas na faixa de areia em toda a orla do município.

De forma excepcional, com o único objetivo de resguardar o interesse da coletividade na prevenção do contágio e no combate à propagação do coronavírus (COVID-19), fica determinada a restrição de locomoção noturna, vedados a qualquer indivíduo a permanência e o trânsito em vias, equipamentos, locais e praças públicas, das 22:00hs às 05:00hs, durante o período de 03 de junho de 2021 e 18 de junho de 2021.

O servidor público ocupante de cargo de livre nomeação que for flagrado em festas clandestinas, ou similares, poderá ser exonerado. Se contratado, poderá ter seu contrato rescindido unilateralmente, e se ocupante de cargo público efetivo, poderá responder Processo Administrativo Disciplinar.

Nos dias 05, 06, 12 e 13 (sábados e domingos) de junho, de maneira excepcional, para reduzir a circulação humana, somente poderão funcionar as seguintes atividades, sem aglomeração de pessoas nas suas dependências e observando todas as normas sanitárias vigentes, sobretudo o uso de máscara, higienização das mãos e o distanciamento social:

Estabelecimentos médicos, hospitalares, odontológicos, farmacêuticos, psicológicos, laboratórios de análises clínicas e as clínicas de fisioterapia e de vacinação; Clínicas e hospitais veterinários, e lojas de ração; Distribuição e comercialização de combustíveis e derivados e distribuidores e revendedores de água e gás; Hipermercados, supermercados, mercados, açougues, peixarias, padarias e lojas de conveniência situadas em postos de combustíveis, ficando expressamente vedado o consumo de quaisquer gêneros alimentícios e bebidas no local; V – Cemitérios e serviços funerários; Oficinas automotivas e serviços de manutenção, reposição, assistência técnica, monitoramento e inspeção de equipamentos e instalações de máquinas e equipamentos em geral, incluídos elevadores, escadas rolantes e equipamentos de refrigeração e climatização; segurança privada; empresas de saneamento, energia elétrica, telecomunicações e internet; assistência social e atendimento à população em estado de vulnerabilidade;  os órgãos de imprensa e os meios de comunicação e telecomunicação em geral; empresas prestadoras de serviços de mão-de-obra terceirizada; Feiras-livres, desde que observadas as boas práticas de operação padronizadas pela Secretaria de Agricultura, Vigilância Sanitária, e demais equipe de apoio técnico que auxiliar na organização e fiscalização. Serviços de transporte de passageiros e cargas, Hotéis, pousadas e similares;  Assessoria jurídica e contábil; 

Redação com Portal Litoral PB 

Decreto da Prefeitura de João Pessoa libera academias e funcionamento de bares e restaurantes até às 22h

 

Praias serão interditadas nos finais de semana (Foto: Reprodução)

A Prefeitura de João Pessoa publicou na noite desta quarta-feira (02), 
o novo decreto com medidas mais restritivas, diante ao avanço do novo
 coronavírus e aumento da ocupação de leitos Covid no tratamento de 
pacientes com a infecção na Paraíba. O decreto entra em vigor nesta 
quinta-feira (03) e segue até o dia 18 de junho. 

Parques, praças e praias serão fechados durante os dias 05, 06, 12 e 13 de junho de 2021. Neste período fica proibido durante todo o dia a visitação e/ou acesso às praças, parques, praias e às calçadas situadas na faixa de areia em toda orla do município.

Já durante a semana está proibido o acesso às praças, parques, calçada situadas nas faixas de areia das17h às 5h. Entre 5h e 17h, está proibida qualquer tipo de aglomeração, sendo permitido o uso de barracas ou cadeiras instaladas nas areias das praias, desde que limitadas a quatro pessoas por mesa ou guarda-sóis.

As limitações sobre o uso do estacionamento em toda orla da capital continua. Ninguém poderá estacionar na área a partir das 16h, nos dias de semana, e a proibição durante o dia inteiro nos sábados, domingos e feriados.

O novo decreto também mantém o toque de recolher no período da meia noite até às 5h do dia seguinte, como já estava estabelecido no decreto municipal anterior.

Os serviços de transporte público funcionarão até as 23h, ficando os respectivos motoristas e cobradores autorizados a realizarem o devido deslocamento dos ônibus para a garagem, até às 23h30. O decreto também mantém a recomendação para que os idosos utilizem transportes públicos das 9h às 16h.

Nos dias 5, 6, 12 e 13 , só poderão funcionar estabelecimentos como médicos e veterinários, postos de gasolina, supermercados, cemitérios, oficinas, call centers, serviços de segurança privada, empresas de saneamento e órgãos de imprensa.

Ainda durante estes dias bares, restaurantes, lanchonetes e similares poderão funcionar apenas com atendimento por delivery ou entrega no balcão, inclusive no fim de semana do Dia dos Namorados. Também não poderão funcionar shoppings e o comércio em geral, nem missas e cultos, por exemplo.

Confira o novo decreto

CRM da Paraíba assina nota de repúdio contra constrangimento de médicos em CPI

O Conselho Regional de Medicina do Estado da Paraíba (CRM-PB), assinou a nota de repúdio contra os constrangimentos de médicos que depuseram na Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga o tratamento do governo federal na pandemia.

Os CRM’s de outros estados, o Conselho Federal de Medicina (CFM) emitiram uma moção de repúdio à CPI da Pandemia, . O CFM resolveu “manifestar sua indignação quanto a manifestações que revelam ausência de civilidade e respeito no trato de senadores com relação a depoentes e convidados médicos no âmbito da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia.”

 “A classe lamenta que esses médicos chamados a depor estejam sendo submetidos a situações de constrangimento e humilhação. Ao comparecer na CPI da Pandemia, qualquer depoente ou testemunha tem garantidos seus direitos constitucionais, não sendo admissíveis ataques à sua honra e dignidade.

Redação