Total de visualizações de página

quinta-feira, 12 de maio de 2022

Alhandra; Polícia Civil deflagra operação no Litoral Sul da Paraíba para investigar desvios de recursos em prefeitura

 


A Polícia Civil da Paraíba realiza, nesta quinta-feira (12), operação contra desvio de recursos públicos na Prefeitura de Alhandra. O alvo é a Secretaria de Transportes.


A polícia investiga a compra e manutenção de peças de veículos. Os serviços não teriam sido executados e as peças não teriam sido compradas.


O ClickPB tenta contato com o delegado que comanda a operação.



terça-feira, 3 de maio de 2022

Quarta dose da vacina contra Covid-19 para idosos acima de 60 anos é aprovada e municípios da Paraíba podem iniciar reforço

 


A quarta dose da vacina contra Covid-19 para idosos acima de 60 anos já pode ser aplicada na Paraíba. A decisão foi aprovada em reunião da Secretaria de Saúde do Estado nesta terça-feira (3). O Ministério da Saúde aprovou a liberação para a 4º dose na manhã desta terça-feira (3) para 70+. A Paraíba ao avaliar o avanço da vacinação contra a Covid-19 baixou para 60+. 

Conforme informação da SES ao ClickPB, os municípios que tiverem estoques suficientes já podem iniciar a imunização desse grupo e priorizar a aplicação da quarta dose para todas as pessoas com 60 anos de idade ou mais, institucionalizadas em instituições de longa permanência, com intervalo mínimo de 4 meses a partir do primeiro reforço (terceira dose). 

De acordo com a SES, a população com a faixa etária de 60 a 79 anos é de 468.518 pessoas, destas 455.292 (97%) tomaram a 1ª dose de reforço, e 370.043 pessoas de 60 a 79 anos já tem quatro meses da data de seu primeiro reforço e está elegível para segunda dose de reforço. 

A vacina a ser utilizada para a dose de reforço deverá ser, preferencialmente, da plataforma de
RNA mensageiro (Comirnaty/Pfizer) ou, de maneira alternativa, vacina de vetor viral (Janssen ou Astrazeneca); podendo iniciar a vacinação desse público (para segunda dose de reforço) com um dos imunizante (Comirnaty/Pfizer, Janssen ou Astrazeneca) disponível no município.

As vacinas que os municípios receberão para o reforço serão enviadas de acordo com número de doses e laboratório, disponível na Rede de Frio Estadual. Para a primeira entrega, que será enviada no dia 09 de maio de 2022, enviaremos a mesma proporção de doses disponíveis no Estado para os 223 municípios, tendo como base a população estimada da faixa etária de 60 a 79 anos. As demais doses necessárias para dar continuidade na oferta da vacinação deverão ser solicitadas nos pedidos semanais da vacina Covid-19 (toda quinta-feira) pelos municípios.

A Paraíba já registrou a aplicação de 8.700.603 doses, sendo 502.386 vacinadas com a primeira dose (86,29%% do total) e 3.292.668 completaram os esquemas vacinais, o que representa 81,12% da população total do estado. 

Do total de vacinados com o esquema primário completo, 3.206.993 tomaram as duas doses e 85.675 utilizaram imunizante de dose única.

Sobre as doses adicionais, foram aplicadas 47.666 em pessoas com alto grau de imunossupressão e 1.836.518 doses de reforço na população com idade a partir de 18 anos. A Paraíba já distribuiu um total de 9.792.045 doses de vacina aos municípios.

segunda-feira, 2 de maio de 2022

Secretaria e Conselho Municipal de Saúde realizam I Conferência Municipal de Saúde mental de Pitimbu

Profissionais da área de saúde se reuniram nesta sexta-feira (29), na I Conferência Municipal de Saúde Mental de Pitimbu, realizada pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Saúde e em parceria com o Conselho Municipal de Saúde, tendo como tema central: “A Política de Saúde Mental como Direito: pela defesa do cuidado em liberdade, rumo a avanços e garantia dos serviços da atenção psicossocial no SUS”.

O evento foi realizado no Recanto de Lourdes e durou aproximadamente 9 horas e contou com a participação de 100 pessoas.

Iniciando com o acolhimento e o credenciamento dos participantes, seguido por um café da manhã, logo após teve início a abertura oficial do evento que contou com a presença e fala de autoridades do município e Estado e foi abrilhantada pela apresentação de usuários do CAPS José Henrique de Amorim, em Pitimbu.


Ainda no período da manhã foram realizadas três palestras, a primeira palestra teve como tema: “Política de Saúde Mental e os princípios do SUS: Universalidade, Integralidade e Equidade” e foi ministrada pelo médico psiquiatra, Tiago Nunes, atual psiquiatra do CAPS de Pitimbu.

Em seguida tivemos como palestrante a coordenadora de Saúde Mental de Cabedelo, Maria Milaneide de Souza, discutindo o tema central da conferência: “A Política de Saúde Mental como Direito: pela defesa do cuidado em liberdade, rumo a avanços e garantia dos serviços da atenção psicossocial no SUS”.

Finalizando o momento de exposição, houve a palestra do Dr. Paulo Zambroni, professor da Universidade Federal da Paraíba, que dialogou sobre: A relação saúde mental e trabalho, em duas faces: uma no que diz respeito às pessoas com transtornos mentais graves; outra para todas as pessoas. Após as exposições dos temas, ocorreu um debate para esclarecimento de dúvidas.

No período da tarde, houve uma pausa para o almoço, posteriormente as atividades foram retomadas com a divisão dos grupos de trabalhos temáticos que ficaram divididos em quatro eixos temáticos: EIXO I – Cuidado em liberdade como garantia de direito à cidadania, EIXO II – Gestão, financiamento, formação e participação social na garantia de serviços de saúde mental. EIXO III – Política de Saúde Mental e os princípios do SUS: Universalidade, Integralidade e Equidade.

E EIXO IV – Impactos na saúde mental da população e os desafios para o cuidado psicossocial durante e pós-pandemia. Após as deliberações e conclusões dos grupos, as equipes apresentaram suas propostas à plenária, onde as melhores foram votadas, eleitas e seguirão para a Conferência Estadual de Saúde Mental. A última laboração do dia foi a eleição dos delegados que irão representar o município na Conferência Estadual.

O encerramento do evento contou com a participação da prefeita Adelma Cristovam, que mesmo após dias de viagem e muito trabalho, mostrou mais uma vez seu compromisso com o município e com a saúde mental, ao não medir esforços para participar da Conferência, com a belíssima apresentação de flauta de Fernando Santana, usuário do CAPS Pitimbu e autodidata em flauta e violão e um com um delicioso coffee break.

Portal litoral PB